Qual a sua identidade?
19 de maio de 2018
Perdão é amor, e amor é o remédio mais poderoso que temos.
21 de maio de 2018
Exibir tudo

 

“Vi servos a cavalo e príncipes andando a pé como servos sobre a terra.”
Eclesiastes 10:7

Salomão não estava falando de riqueza, de status, mas de posicionamento. A ideia desse texto é que Salomão viu posições invertidas. O cavalo, símbolo da aristocracia na época, meio de locomoção daqueles que possuíam alta posição, estava sendo montado por servos. E por sua vez os príncipes, que tinham direito aos cavalos, estão andando a pé. Nesse contexto os príncipes não estão desfrutando daquilo que lhes é de direito. A questão não é andar a pé. Salomão escreveu que os príncipes andavam a pé como servos, sem postura, como se fossem escravos.

Deus está nos chamando para ocupar o lugar certo. E que lugar é esse? O principado. O Senhor tem para nós o melhor e esse melhor Ele já nos entregou e o problema é que nós não sabemos desfrutá-lo. A um príncipe foi-lhe entregue o direito de governar. E como governante, ele tem uma série de regalias. Deus nos deu algumas coisas para nós governarmos como príncipes. Para o que fomos chamados para governar?

  1. Temos autoridade para governar nossos desejos (Gn 4:7). Há príncipes que não entenderam que foram chamados pra governar. Eles estão andando a pé como escravos. Tem gente sendo escrava dos seus desejos quando Deus nos chamou para sermos príncipes. Domine os seus desejos. Cristo reina em nós e você tem poder para isso.
  2. Temos autoridade para governar nossos pensamentos (Sl 49:3). Podemos decidir o que irá ocupar nossa mente e o que nossos lábios irão dizer. O problema é que nos tornamos escravos dos nossos pensamentos e todas as vezes que isso acontece, nossa vida não prospera. No mundo em que vivemos, com tanta informação, algumas vezes somos assaltados por algum pensamento mau. Mas podemos, em nome de Jesus, repreendê-los e pensar aquilo que é bom. O inimigo pode até sugerir ou nos influenciar, mas a última palavra é sempre nossa. Domine os seus pensamentos. Deus te deu essa capacidade.
  3. Temos autoridade para governar nossas ações (Pv 16:32). Quando somos tentados, colocamos a culpa em outras pessoas e até no diabo, quando, na verdade, nós somos os responsáveis por nossas ações. É possível governar o espírito. Se não quisermos, não fazemos, não vamos, não agimos. Somos nós quem decidimos em última instância, temos esse poder. Nós quem exercemos domínio sobre nós mesmos. Domínio próprio. Você foi chamado para governar sobre as suas ações.

Existem algumas coisas que nos escravizam:

  1. O medo de não agradar a todos. Nos tornamos servos do medo de não corresponder às expectativas dos outros. Então permitimos que esse medo domine sobre nós e nos tornamos escravos de algo que é contra nossa vontade.
  2. A culpa. O inimigo diz o tempo todo que não somos dignos. A culpa está dominando você? Em nome de Jesus, governe! Tome a frente, senão você não cresce e não avança.
  3. Os ressentimentos. Lembranças do passado, mágoas e traumas não permitem que a gente chegue ao lugar que Deus preparou para nós. A Bíblia diz que podemos todas as coisas naquele que nos fortalece (Fp 4:13).
  4. Os pecados. Nos tornamos escravos dos vícios, da mentira, de desejos sexuais ilícitos e de tantos outros pecados, quando Deus nos chamou para estar acima disso (Rm 6:14). Ele disse que podemos viver em santidade (I Pe 1:16). Não permita que o pecado te domine.

O Espírito Santo habita em nós (Rm 8:11). O mesmo Espírito de Cristo ressurreto vivificará o nosso corpo.

~

Pai celestial, não quero mais viver e andar a pé como um escravo. O Senhor me chamou para governar os meus desejos, meus pensamentos e minhas ações e eu vou triunfar nessas situações. Não quero mais viver com um fardo nas costas. O pecado não terá domínio sobre mim. Em Cristo posso todas as coisas!

 

Mensagem ministrada por Jodson Gomes

Pastor da Assembleia de Deus

Texto Adaptado por: Luane Alves