Lição 13 – Ética Cristã e Redes Sociais
28 de maio de 2018
Ministério
30 de maio de 2018
Exibir tudo

O que não fazer em um relacionamento

Ester 1

Assuero era rei do território da Índia até a Etiópia. Ele tinha um sentimento de exibicionismo muito forte e passou 180 dias ostentando o que tinha. Acabados esses dias, ele preparou uma grande festa para todos que durou 7 dias. Tudo o que havia na festa era de um valor muito alto, desde os leitos aos copos. A ordem do rei era de que cada um festasse da maneira que quisesse, pois queria causar um impacto, para se exibir. Porém, tudo isso era desperdício de tempo, dinheiro e moral.

No meio desse desperdício de Assuero, ele acabou também com algo valioso chamado relacionamento. Deus dotou o ser humano de uma graça para viver em comunidade. A primeira vez que foi dita a frase “não é bom” foi quando Deus percebeu que o homem tinha uma necessidade que era a de relacionamento, criando a sua companheira Eva. O rei Assuero era casado com uma mulher chamada Vasti. Ele mandou chamá-la e ela respondeu “eu não vou”. O rei ficou irado e a destituiu do cargo de rainha. Assuero descartou um relacionamento, e isso acontece nos dias de hoje. Lidamos com situações em que jogamos fora algumas coisas que não eram para serem desperdiçadas. Não podemos tratar relacionamentos como coisas. Assuero então nos ensina várias lições do que não fazer com um relacionamento:

  1. Assuero não foi chamar Vasti. Ele pediu para que alguns servos chamassem sua mulher. Passou 180 dias gastando tempo e ostentando, e não teve a coragem de gastar 2 minutos para chamar sua esposa. Nós achamos que as pessoas estão 24 horas ao nosso dispor. Ninguém gosta de ser tratado como objeto.
  2. Assuero quer que Vasti seja mais um de seus bens. Ele pediu para que ela viesse com sua coroa real, para exibí-la. Confundiu um relacionamento com um produto. Às vezes, fazemos o mesmo. Usamos as pessoas para satisfazer o nosso próprio ego. Existem pessoas que só constroem relacionamentos baseados em conveniência, aproximando dos outros querendo levar vantagem.
  3. Assuero decidiu baseado na ira. A ira não tem memória; ela se esquece do passado e se concentra apenas no presente. Desperdiçamos relacionamentos por causa da ira, esquecendo que pode haver uma contrariedade no presente, mas houve vários atos de fidelidade no passado.
  4. Assuero decidiu baseado em conselhos errados. A Bíblia coloca Memucã por último, pois dentre os sábios ele era o último em importância. E é justamente esse de quem o rei escuta o conselho totalmente exagerado. Existe uma coisa chamada benefício da dúvida, que é investigar antes de tomar uma conclusão.

Quando se trata de relacionamentos tem muita coisa em jogo. Lendo Ester 2:1, vemos que a revolta é passageira e a lembrança é contínua. Não devemos desperdiçar relacionamentos. Pessoas são bens preciosos, devemos dar valor. Não permita que a dureza do seu coração faça com que desperdice relacionamentos valiosos.

~

Pai, peço-te que minha ira passe e que não permitas que decidamos baseados nela. Que eu possa me reconciliar com meu irmão, que sejamos um em Cristo como o Senhor nos ensina, e que qualquer tipo de barreira seja quebrada. Em nome de Jesus, amém.

 

Mensagem Pregada por Pastor Jodson Gomes

Texto Adaptado por : Luane Alves.