Liçao 1 – As Obras da Carne e o Fruto do Espirito
19 de abril de 2017
Pastor passa por doze cirurgias, vêm a óbito em três e volta à vida!
4 de maio de 2017

Seus elogios podem estar comprometendo o desenvolvimento de seu filho.

Receber elogios sinceros é muito bom e todo mundo gosta, não é mesmo? O elogio gera vários benefícios: fortalece a auto estima, as habilidades, provoca alegria, estreita vínculos, promove auto confiança, fortalece a identidade etc.

Para as crianças os elogios se tornam ainda mais importantes , pois , é através deles que os pequeninos terão a percepção de como são vistos pelos adultos que mais amam, e isso tem influência direta em sua formação enquanto indivíduo.

Você sabia que se utilizarmos o elogio da maneira errada corremos um grande risco de prejudicar o desenvolvimento emocional da criança o que irá comprometer e muito sua vida adulta?

Os Elogios podem ser divididos em duas categorias:

Elogios de Ser e Elogios de Fazer .

Aprenda agora as cinco formas corretas de se elogiar uma criança e tire o máximo de proveito dessa poderosa ferramenta em benefício de seu pequenino.

 

  1. Dê elogios de Ser:

Elogios de Ser comunicam à criança que você a ama e aceita por ser quem ela é. As crianças não precisam fazer nada para merecer este tipo de elogio.

Exemplos: “Sou muito feliz por ser sua mãe”, “Para mim você é muito  especial”,”Você é uma criança maravilhosa”,  etc.

  1. Dê Elogios de Fazer:

Elogios de fazer mostram as crianças que estamos felizes com seus esforços e bom comportamento.

Exemplos:  “Obrigada por me ajudar”; “Que bom que você fez sua tarefa com capricho”; “Parabéns, meu filho, por ter dito a verdade apesar de ser difícil!”; “Que bom que você arrumou sua cama”; “Que bom que você deixou seu coleguinha brincar com seu videogame, você é um bom amigo”; etc.

Ainda que a tarefa realizada pela criança não esteja impecável como gostaríamos, devemos considerar o esforço que ela fez para realizar aquela atividade,considerando sempre sua faixa etária, buscando estimular para que ela consiga desempenhar sua tarefa cada vez melhor.

  1. Não misture elogios de ser com elogios de fazer:

Quando misturamos elogios de ser com elogios de fazer , mandamos uma mensagem confusa às crianças.

Veja este exemplo: “Te amo porque você é muito obediente”; “Te amo porque          você faz tudo direitinho”; etc.
⠀⠀
Você pode perceber o que há de errado com essa forma de elogio? Esse elogio mostra um amor condicional, os amamos ou estamos felizes com eles somente quando eles fazem o que queremos.⠀

4. Evite elogiar demais ou sem necessidade:

Tudo em excesso faz mal, e isso se aplica aos elogios também. Elogiar as crianças em excesso ou sem a criança merecer faz com que os elogios percam seu poder. E pior, as crianças podem pensar que seus elogios não são sinceros e que você está tentando usar elogios para manipulá-las.⠀

5. Não use elogios de comparação:

Elogios de comparação sugerem que seus filhos são melhores do que as outras crianças. Crianças que recebem mensagens que são mais especiais, ou melhor que as outras crianças podem desenvolver tendências narcisistas, ao pensar que eles são mais merecedores que outros. Os elogios de comparação também são perigosos porque não ensinam as crianças a saber como perder, e as farão mais propensas à depressão ao perceberem que existem crianças que são tão capazes ou mais capazes do que elas.

Exemplos: “Você é o mais inteligente da turma”, “Você é a neta mais  linda”.

  • Em suma, podemos fazer 5 importantes observações sobre o elogio saudável:
  1. Não condicione seu amor ao que a criança consegue ou não fazer;
  2. Use o elogio para incentivar o esforço independente do resultado de maneira sincera e realista;
  3. Reforce atitudes com o elogio;
  4. Elogie o bom comportamento;
  5. Aprove ou reprove as atitudes, não a pessoa;

O elogio é uma ferramenta muito importante na construção da identidade da criança.

Que saibamos usá-lo generosamente em favor de um desenvolvimento emocional harmonioso e saudável.

 

 

Psicóloga Juliana Muniz Moreira.

Psicóloga especialista em Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes. Palestrante e Atuante no trabalho com Famílias e Orientação Psicológica Online.

CPR 08/07547

www.facebook.com/psiorientacaodepais/

Email: julianamunizm@gmail.com

X