7 Frases que você nunca deve dizer a seu filho
20 de maio de 2017
Como criar filhos responsáveis.
25 de maio de 2017

Uma frase amplamente divulgada e atribuída a um filósofo chinês diz que, se você amar o que faz, não terá que trabalhar um único dia. Esse antigo pensamento, tão presente em materiais motivacionais, pode ser comparado ao que hoje se chama de trabalho com propósito.

Fazer aquilo que se quer e, principalmente, saber por que está fazendo, tem sido o objetivo de muitos profissionais, sobretudo os da chamada Geração Millenium, que veem no trabalho uma fonte de prazer e realização. Se pensarmos em passamos em média 40 horas por semana trabalhando, faz muito sentido.

Essa semana, o Love Mondays, um site colaborativo no qual os profissionais avaliam anonimamente as empresas para as quais trabalham, divulgou a lista 2017 das 50 empresas mais amadas do Brasil. Dentre as dez primeiras colocadas, estão companhias inovadoras e disruptivas como Elo 7 e Nubank, essa última reconhecida por transformar o segmento no qual atua e por oferecer um ambiente de trabalho tão diferente e motivador quanto a sua comunicação diz que a empresa é.

Trabalhar, ter uma profissão e construir uma carreira não deve ser um fardo, mas também não se deve apostar no mundo corporativo como a única fonte de realização. O perfil da geração Millennium retrata um grupo de pessoas ansiosas, inseguras e carentes de atenção, o que os leva a exigir do trabalho reconhecimentos que normalmente deveria existir nas famílias, amigos e relacionamentos.

Amar o trabalho deve significar enxergar propósito no exercício diário da profissão. Saber responder por que você faz o que você faz pode não ser tão fácil, mas é essencial para descobrir se você está trabalhando por acreditar naquilo que exerce diariamente ou somente por um bom salário no final do mês.

Falar com um coach profissional ou procurar um psicólogo especialista em carreira pode te ajudar a encontrar o seu propósito na vida profissional.

Fonte: Zenklub

X